problemas de visão

6 problemas de visão comuns em idosos

Entre as principais doenças relacionadas à idade estão os problemas da visão. O olho é um órgão que envelhece e sofre alterações, por isso é muito importante a realização de exames periódicos.

Diversas delas podem afetar a visão dos idosos e a grande maioria não tem uma causa aparente. Muitas vezes estão associadas a fatores como tabagismo, diabetes, hipertensão arterial e excesso de exposição ao sol.

As principais doenças que atingem a saúde dos olhos na terceira idade estão listadas abaixo.

1 – Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)
É a principal causa de cegueira em idosos. Consiste na degeneração da mácula, na retina, responsável pela visão central.

A DMRI surge com sintomas de embaçamento visual ou distorção de formas, evoluindo com perda gradual e , quando não tratada, irreversível da capacidade visual. É mais comum em obesos, fumantes e brancos.

2 – Presbiopia

Também conhecida como vista cansada, atinge pessoas acima dos 40 anos de idade. É relacionada à perda da qualidade visual para enxergar o que está perto, especialmente em ambientes com pouca luz.

Os sintomas podem incluir também dores de cabeça. O tratamento é simples: utilização de óculos ou lentes de contato. Existe possibilidade de correção cirúrgica!

3 – Catarata
É a principal causa de cegueira reversível no mundo. Ocorre principalmente após os 50 anos, em que há perda progressiva da transparência da lente natural do olho, o cristalino.

Ocorre de natural, pelo envelhecimento do organismo, porém pode ser acelerada por diversas doenças sistêmicas como, por exemplo, diabetes.

O principal sintoma da catarata é o embaçamento visual, que evolui de maneira gradual até a completa perda visual.

4 – Glaucoma
Há perda progressiva da visão periférica causada pelo aumento da pressão ocular. Caracteriza-se por um conjunto de fatores que leva à cegueira pela destruição do nervo óptico.

Normalmente é associada ao aumento da pressão intraocular e pode ocorrer em apenas um ou ambos os olhos. É uma das principais causas de cegueira irreversível.

O tratamento, que busca estabilizar a pressão ocular e, assim, evitar a cegueira, é feito com a utilização de colírios.

5 – Retinopatia Diabética
Alterações progressivas e tardias ocorridas na retina. Geralmente, o acometimento ocular se dá nos vasos da retina, ocasionando deformidades, extravasamento de líquido e até mesmo hemorragias.

A retinopatia inicia-se do tipo não proliferativa e se instala lentamente, sem sintomas de início. Posteriormente, embaçamento e diminuição da clareza visual podem ser frequentes, podendo evoluir para o tipo proliferativa.

6- Olho Seco
Os sintomas relacionados ao olho seco são mais frequentes em mulheres após a menopausa devido às mudanças hormonais a que são submetidas nesse período.

Nos casos de olho seco por privação de lágrima podem ser utilizados lubrificantes em gotas, pomadas ou gel. Nos casos em que alterações da superfície ocular comprometem a lubrificação dos olhos pode-se empregar cirurgias corretivas, enxertos, suturas provisórias ou definitivas, entre outras.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em Curitiba!

Comentários
Dr. Fabio Sabbag

Posted by Dr. Fabio Sabbag